Startups – precisamos definir nosso propósito para engajar clientes e colaboradores

Em pleno 2019 e missão, visão e valores ainda são utilizados? Claro! Na verdade nunca deixaram de ser… a definição desses conceitos dentro de uma empresa é responsável pela organização de propósito, estratégias e orientação de quais caminhos o time deve ou não seguir. Com o mundo cada vez mais emergido em tecnologias e novas nomenclaturas, pode ser que os nomes desses termos sejam diferentes em algumas empresas, mas eles ainda possuem a mesma essência e são extremamente necessários para o sucesso de um negócio.

Mesmo nas startups em que os cenários são de extrema incerteza, temos um caminho de aprendizado até a formatação total da solução. Porém, eu sempre me pergunto, mas se não soubermos nosso propósito, se não tivermos claro onde queremos chegar e se não soubermos os valores que vão estabelecer nossos limites e ações, como poderemos aprender com o cliente e formatar uma solução adequada?   Por isso, na metodologia da Vlinder com startups atuamos primeiros nessa definição.

O que podemos aprender?

Missão, visão e valores não servem apenas para exibir para o mundo que a sua empresa tem essas diretrizes, na verdade a função deles vai muito além.  Quando definimos missão, visão e valores estamos organizando três fatores bem importantes:

  • Com a missão, qual o propósito da empresa e para que ela existe.
  • Com a visão, onde a empresa quer chegar, quem ela quer ser quando crescer.
  • Com os valores, quais são as premissas da empresa e quais os seus limites.

É um trabalho de conhecimento da empresa, definição das premissas de atuação e escolha de orientações que vão auxiliar na organização dos times de colaboradores.

Quando a empresa nasce, é importante saber quem somos, onde queremos chegar e quais são os valores que vão nortear nossas ações. Missão, visão e valores não são características estáticas que nunca podem ser mudadas, pelo contrário. Com o crescimento do negócio, é necessário revisar essas definições para estarem sempre atualizadas com o atual momento da empresa – mas com algumas ressalvas, afinal não estamos apenas trocando de roupa, né? Mudamos nossas premissas quando há mudanças internas, autoconhecimento e expectativas de crescimento. Não é algo aleatório, deve ser bem pensado e alinhado.

Missão, Visão, Valores e o Planejamento Estratégico

A organização de missão, visão e valores é uma premissa da gestão das organizações. É muito interessante que ela seja montada e orientada a partir de um trabalho de um consultor, para que os empreendedores possam explorar bem o tema. Até porque, elas interferem diretamente no planejamento estratégico, pois as estratégias serão construídas sobre os princípios empresariais – quem somos, para onde queremos chegar e quais são os valores que vão nortear as ações.

Envolvimento do time

Missão, visão e valores não é algo para ser definido, colocado na parede e esquecido lá. É realmente um conhecimento sobre o que é o negócio, onde ele quer chegar e os valores que vão permear esse caminho. Por isso, quando bem definidos, e representam de fato a forma da empresa ser, agir e pensar.

Ao agregar pessoas ao time elas precisam pertencer àquele propósito, valores e expectativas de crescimento descritos na missão, visão e valores, só assim essas novas pessoas vão engajar e vestir a camisa de forma produtiva. Quem não está confortável ou não concorda com algum ponto, não será o melhor colaborador para sua empresa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s